O prêmio visa estimular, valorizar e dar visibilidade a pessoas negras que realizam pesquisa de excelência nas diferentes áreas da Física.

O reconhecimento é uma forma de diminuir a sub-representação e a desigualdade racial na comunidade científica.

O prêmio será outorgado a pesquisadoras negras e pesquisadores negros em física, em início da carreira, cujo trabalho de pesquisa tenha contribuído de forma significativa para o avanço da física ou do ensino de física no País. Os candidatos devem ter atuado em instituições brasileiras pelo menos 70% do tempo entre o término do doutorado e o ano da premiação, e devem ter no máximo 10 anos de conclusão do mestrado.

O prêmio é uma homenagem ao Professor Anselmo Salles Paschoa, que foi um Cientista brasileiro muito ativo e com contribuições significativas para a Física brasileira.

As indicações podem ser encaminhadas para o email premioanselmopaschoa@sbfisica.org.br

Para o prêmio de 2022, as indicações devem ser enviadas até o dia 31/12/2022

Regulamento

Veja o regulamento completo do prêmio

Prêmio Anselmo Salles Paschoa

Anselmo Salles Paschoa graduou-se em Física (Bacharelado e Licenciatura) pela antiga Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil, atual UFRJ com Mestrado em Radiological Health e PhD em Nuclear Sciences and Engineering pela New York University.

Atuou como professor da PUC-RIO, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, professor Visitante da University of Utah e Cientista Convidado no Brookhaven National Laboratory, na década 80. Foi Diretor de Radioproteção, Segurança Nuclear e Salvaguardas da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Foi Governador Alternativo do Brasil na Junta de Governadores da AIEA, Vice-Presidente da International Radiation Physics Society, Diretor da Natural Radiation Environment Association.

Anselmo Salles publicou dezenas de artigos, livros e capítulos de livros. Orientou teses de doutorado e dissertações de mestrado. Faleceu em 2011, após uma crise cardíaca durante uma reunião da Comissão de Acompanhamento do Programa Nuclear Brasileiro, na sede da Sociedade Brasileira de Física.